Quadro de Incentivos, quando e como fazer um para o seu filho…

Maternidade Real

Bom dia!

Aposto que você já assistiu alguma vez na televisão a algum programa de reeducação familiar, em que o Quadro de Incentivo foi recorrido. Mas qual a finalidade desse facilitador?!

A ideia do quadro veio da psicologia… alguns psicólogos da linha Behaviorista (comportamentalismo) afirmam que o comportamento das pessoas pode ser modificado por meio de condicionamento de reforços positivos ou negativos. O reforço negativo servirá para que ela não repita tal atitude e o positivo servirá para que ela memorize aquela atitude que acaba sendo repetida e se tornando um hábito. Utilizando esse conceito do Behaviorismo, o quadro de incentivos vai servir de apoio visual para a criança. Quando ela fizer algo positivo ou negativo, receberá um adesivo, uma carinha ou qualquer coisa que você crie, para demonstrar  o comportamento dela. No final do dia ou da semana, você juntamente com a criança faz um feedback do seu comportamento e você dá o estímulo condicionando a mesma.

O quadro deve ser realizado com o envolvimento dos pais e cuidadores da criança.  Deve ser produzido de acordo com a idade da criança, não adianta, por exemplo, eu colocar os dias da semana sendo que o Raul (meu filho) só tem dois anos e não sabe ainda nem em que dia da semana estamos. Deve ser bem explicado o motivo pelo qual está sendo criado e qual o resultado você espera do seu filho. Aqui em casa foi o seguinte: Raul estava fazendo xixi na calça de novo, pelo simples fato de não querer parar de brincar para ir ao banheiro. Por esse motivo fiz o quadro com ele e expliquei que todas as vezes que ele fizesse xixi no pinico ele ganharia uma carinha de FELIZ e se fizesse na calça ganharia a carinha de TRISTE e se no final do dia não ganhasse nenhuma carinha triste poderia comer um ovinho de chocolate com surpresa (Que ele ama!). Fiz dessa forma porque ele ainda é muito pequeno para esperar por uma semana para que seu esforço fosse recompensado. Mas o quadro e as metas você faz de acordo com a idade da criança, se a criança já sabe os dias da semana, você coloca os dias da semana e as atividades que ela deve cumprir e estipule uma regra, como por exemplo: “Se no final da semana você tiver feito suas atividades como combinamos você pode escolher um brinquedo para ganhar ou um passeio para fazer.”. Use sua criatividade! O importante é fazer com que as regras sejam bem definidas e que você cumpra as recompensas prometidas, pois não adianta as crianças se esforçarem e não serem recompensadas. Mesmo você achando que seja obrigação dela. Ela ainda não entende que isso deve ser feito.

Então vou mostrar como fiz o quadro aqui em casa. Peguei um quadro negro que Raul já tinha e cortei círculos vermelhos e amarelos e fiz carinhas com expressão de triste e feliz respectivamente. Bem simples e barato! Na internet você acha vários modelos para imprimir e copiar. Tem também em lojas de artesanatos que você pode comprá-los prontos ou encomendar da forma que você queira.  Como o meu objetivo era único, fiz dessa forma por ser mais simples para ele entender.

collage0_wm

Com uma semana de uso, já tive o resultado esperado com Raul. Eu poderia ter conseguido isso de outra forma e não utilizado o quadro de incentivo?! Acho que sim… Mas foi bom fazer e ele entendeu o que eu esperava dele e agora, quando ele vai ao banheiro, volta com um olhar de aprovação e de quem fez algo muuuuuito bom! Claro que fazemos uma festa quando acerta e o encho de palavras de incentivo, porque isso é fundamental!

Com amor,

Ana Maria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s