Sobre fissura labiopalatina e o Raul

Maternidade Real

Bom dia!

Após 2 anos e meio da palatoplastia, o último tubinho foi retirado do ouvido direito do Raul. UFA!!! Foram em média umas 10 consultas a otorrinolaringologistas para ver como estava o tal tubinho que já tinha saído do conduto há pelo menos um ano atrás e estava grudado em uma rolha de cera que o impedia de sair. Até que após uma dor de ouvido que o Raul teve, marcamos novamente uma consulta com o otorrino que o atendeu logo no pós operatório e, ao olhar o ouvido, resolveu tirar o tubinho com uma espécie de pinça. Foi super rápido! O Raul não chorou e ficou quietinho! Eu estava com um medo danado desse tubinho e da sua retirada, apesar de todos os profissionais falarem que ele iria sair sozinho e que se precisasse de retirar ia ser simples e sem dor… Vocês sabem como é o ser mãe, né?! Sempre fica preocupada com a possibilidade do filho sentir dor.

Outra novidade que a fissura nos trouxe foi que apareceu um dente no palato dele. Na verdade, não é bem no palato… ele nasceu no lugar certo, porém com a má formação do palato a gengiva dele deu uma viradinha para dentro para se juntar a outra parte no centro do crânio e com isso o dente acabou ficando do lado de dentro. Não preciso nem contar como isso me estressou… risos… Liguei para Deus e o mundo para perguntar sobre o tal dente. Mandei mensagem pra coordenadora da equipe do Centrare, no Hospital da Baleia onde o Raulzito faz o tratamento, que prontamente respondeu me tranquilizando e me encaminhando para uma equipe especialista no assunto. Conversei também com a minha amiga Laís do canal do youtube e blog Lábios Compartidos, que, como sempre, foi uma fofa e, PASMEM, que, ao entrar em contato com o Centrinho, fez a gentileza de pedir para que olhassem no prontuário dela quando foi e como foi que ela retirou um dente que nasceu fora do lugar. Ela me contou tudo e me tranquilizou ainda mais. Fala sério?! Precisamos de muito mais pessoas como ela nesse nosso mundo! Se alguém quiser saber mais, ela postou um vídeo contando direitinho sobre curiosidades da fissura labiopalatina, onde que ela cita esse episódio da vida dela. O link é esse: https://www.youtube.com/watch?v=GeEfOWDGsdQ.

Estamos esperando a vaga sair com a odontopediatra que o Centrare indicou e, assim que tivermos mais novidades, escrevo contando tudo. Gostaria de tranquilizar os pais e dizer que isso acontece com bastante frequência em pessoas que nasceram com fissura labiopalatina. Isso ocorre devido a posição óssea se desenvolver de forma errada devido a má formação. Portanto, mamães e papais fiquem tranquilos! No caso do Raul, o dente não esta doendo ou incomodando, e principalmente, não esta atrapalhando a fala.  Ele nem nota que tem um dente no céu da boca.

Com amor,

Ana Maria.

 

 

 

2 comentários sobre “Sobre fissura labiopalatina e o Raul

  1. Olá Ana
    Parece que preocupações com dentinhos e ouvidinhos desses nossos fissutadinhos São uma constante. Quando não são dentes fora do lugar, são dentes faltando. Você JÁ ouviu alguém comentar sobre a melhor idade para colocar aparelho móvel?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s