A realidade do DESFRALDE

Maternidade Real

Bonjour, pessoal!!!
Esta semana iniciamos aqui em casa o desfralde do pequeno príncipe Raul. Na segunda-feira de manhã, após o lanche fui trocá-lo e coloquei uma cueca, abaixei e falei: “Filho, você já está crescendo e virando um rapaz. Então a partir de hoje você vai usar cuecas igual ao papai e quando quiser fazer xixi ou cocô vai avisar a mamãe tá?!” A resposta dele foi um jóia com a mão. Eu logo pensei, “Ou ele entendeu de verdade ou está só me fazendo de boba”. (risos)

Antes de iniciar esse processo, conversei com algumas amigas mamães e li vários métodos que prometem tirar fraldas de crianças. Inclusive um que promete tirar fraldas em 3 dias. E foi esse que comecei a tentar, pois conheço pessoas que o utilizaram e deu super certo. Ah…bem antes de começar a tentar, compramos um pinico que toca música quando cai alguma coisa dentro dele, super divertido (pelo menos eu achei o máximo… risos)! Fomos juntos, eu e Raul para comprarmos cuecas pra ele e já vinhamos colocando ele sentado no pinico as vezes quando íamos ao banheiro e ele ia junto, para já ir se familiarizando. O avô Lindão do Raul (meu pai) também já havia dado um redutor de assento sanitário para ele há um tempo atrás. Além disso preparamos o banheiro para que ele pudesse usar “sozinho” tudo ao seu alcance. Colocamos escadinha para ele subir e alcançar a pia, toalha na sua altura, etc.

collage2

Bom, após a minha preparação psicológica e a nossa decisão (minha e do Rodrigo) de desfraldar o Raul iniciamos o processo. Sim, haverá de ter uma preparação psicológica para os pais, pois é limpar xixi e cocô o dia todo no chão e lavar cuecas a toda hora. No primeiro dia de tentativa todos os xixis e cocôs foram na cueca. Toda vez que ele fazia eu abaixava e dizia: “Filho, quando você for fazer xixi avisa a mamãe”, mas nada… (risos) e o dia se passou. Lavei 549562 vezes as cuecas dele e limpei isso tudo também de xixi pela casa. No segundo dia, eu juro que pensei em abortar a missão, pois ele não expressava nem um sinalzinho se quer que poderia largar a fralda. Mas pensei bem, preparei meu psicológico novamente para mais um dia de pano de chão e rodo na mão,  olhei pra ele e pensei “Poxa, mas ele só tem 21 meses” e resolvi dar mais uma chance e logo na segunda cueca do dia ele já começou a falar xixi quando estava fazendo. Ah, minha felicidade foi tanta que a vontade de prosseguir com o desfralde começou até a aumentar. No final do terceiro dia ele fez o xixi no vaso, sentado, mas fez. (Segundo a Encantadora de bebês até mesmo os homens devem ser iniciados a fazerem xixi sentados a principio. E fizemos uma festa!!! Quarto dia. Perceberam que o método de três dias aqui em casa não funcionou, né?! risos.. Talvez porque seria para começar aos 22 meses?! Não saberei dizer a vocês. (Alguém aqui tentou antes dos 22 meses e conseguiu utilizando esse método!? Escreva aí pra gente contando como foi.) Também escutei relatos e li bastante em blogs e repostagens dizendo que o desfralde em meninos é muito mais demorado. As explicações para isso tinham das mais diferentes possíveis entre elas a de o fato dos homens amadurecerem mais tardiamente nas questões psicológicas do que as mulheres, enfim… Após o lanche da manhã fomos ao banheiro e novamente ele fez xixi no vaso, e logo depois falou xixi de novo, eu o coloquei no vaso novamente e ele fez, para a alegria da mamãe aqui!!! Conseguiu fazer a soneca da manhã sem molhar a cama e o dia todo foi assim, tendo um escape somente de xixi durante todo o dia. Mas cocôs tiveram dois na cueca, mas vamos continuar aqui na batalha.

Estou seguindo o ritmo dele, sem pressa, sem cobrança, sem ficar com cara de triste ou brava, ajo naturalmente e abaixo TODAS as vezes na altura dele e falo, “Filho quando você quiser fazer xixi ou coco avisa a mamãe” e ponto, não falo mais nada a respeito. Se vai dar certo esse meu jeito, eu acredito que sim. Vi progresso desde o segundo dia e percebi que regras não existem, cada um tem seu tempo e seu ritmo. O que faz ter o sucesso é a persistência e a tranquilidade em que tratamos o processo. Espero em breve contar pra vocês que conseguimos de vez tirar as fraldas e sem recaídas que o que venho percebendo entre mamães que isso vem acontecendo muito.

Com amor,

Ana Maria.

8 comentários sobre “A realidade do DESFRALDE

  1. Que legal !! Meus filhos são do tempo da fralda de pano. Aquilo era ,deveras, incômodo. O Rodrigo começou a usar cuequinha aos 14 meses.Isso mesmo…um prodígio,né? rs. Seu peniquinho era um “Fuscão Preto”e às vezes ele queria era brincar com o Fuscão.Mas foi um processo bem rápido.O importante é não afobar.
    Com a Bárbara foi bem tranquilo tb.Ela tirou as fraldas,logo que começou a andar.Fui bem apressada ,né? rs E ela tb ganhou um peniquinho lindo um “Au Au”.E fazia tudo direitinho,numa elegância de deixar Vovó Geralda orgulhosa.
    Não sei se fui muito apressada,mas a dificuldade ,com as tais fraldas de pano ,eram imensas e tira las era um alivio pra mães e filhos.
    Quando ,enfim, iam sozinhos pro peniquinho,vinha a nova fase que ,ate hoje ,lembro dos gritos no banheiro…….” Mãããeeee kbeeiiii ! “. Era hora de limpar o bumbum. Saudades!!! rs

    Curtir

  2. Ana, você está no caminho certo. Realmente é preciso paciência.E quando menos esperar ele já estará fazendo sozinho.
    O Rafa parou de usar fraldas com 1a.4m. (+-). Ficávamos lembrando ele de vez em quando…:”filho vamos fazer xixi” !
    Raul é muito esperto…
    Grande beijo para vocês

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oi Ana!!! Eu usei o metodo dos 3 dias e a Anita usou o mesmo penico que o Raul… ahhahahha… Deu super certo.. Mas como eu havia lido a questão dos 22 meses, eu comecei quando ela tinha 21 meses e 3 semanas…
    Sobre os escaspes.. ate hoje acontece! O segredo é nao estressar e eles tem o tempo deles.
    Beijos pra vocês!!!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Ana, muito legal. É como vc disse, tem que respeitar o ritmo dele. O difícil é entender que, por mais que desejemos, os seres humanos não são iguais. Todo aprendizado se baseia na repetição e no condicionamento. É só observar mesmo a sua função de mamãe: vc não estava pronta mas o dia a dia lhe tornou mais capaz e supppeeerrrrrrrr zeloza com o pequeno Raul. Parabéns. A gente sente uma grande satisfação em ver uma maternidade com “M” maiúsculo.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Tio, muito obrigada mesmo! Você e suas palavras que me incentivam cada vez mais… Gratidão imensa por ter você como tio e por nós aproximar novamente. Acho que teve um propósito Divino nisso… beijos meu e do Raulzito!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s