Primeiro dia de aula – Adaptação

Maternidade Real

 

Bom dia!

Passamos pelo período de adaptação na escolinha. Gente, como mãe sofre… eu quase morri nessa semana passada de ansiedade em deixar meu pequeno na escola. Para justificar esse meu sentimento, eu nunca deixei ele com ninguém que eu não conheço nem sequer por um minuto e de um dia pro outro tive que deixá-lo com um monte de gente que nunca vi na vida e por looongas 4 horas que pareciam ter uma infinidade pra mim.

A vontade de chorar foi enorme em muitos momentos… quando eu e Rodrigo fomos à primeira reunião antes de iniciar as aulas, quando entramos com o Raul na escola pela primeira vez, quando pisamos na sala de aula, quando eu percebi que ele já estava mesmo preparado para ficar sozinho, quando ele falou para professora em alto e bom som “Agora a gente já pode estudar?!” enquanto ela estava em uma roda contando para os pais a trajetória dela escolar, quando ele saiu da sala correndo e foi ao banheiro sozinho, quando um menino empurrou ele no parquinho e ele disse “Que isso, cara! Por quê você fez isso?” e por fim quando fui buscá-lo e vi ele sentando quietinho na sala de aula esperando para ir embora. O seu olhar quando me viu e apontou o dedinho indicador e deu uma piscadinha, querendo dizer “Oi, mamãe! Você está aí!” me fizeram chorar de emoção por dentro. Penso não ser a única que já engoliu inúmeras vezes o choro só para o filho não ver, não é verdade!? Ufa! Sobrevivemos ao primeiro dia de aula! Bom esse foi o meu processo de adaptação. Agora vamos para a parte do Raul.

Meu marido colocou uma palavra para descrever a adaptação do Raulzito na escola que descreveu infinitamente bem a sua adaptação que foi : Instantânea. Eu poderia também resumir a adaptação dele no seu primeiro dia de aula como o seguinte diálogo:

-Tchau, filho! Daqui a pouco voltamos para te buscar.

Ele sem olhar para traz, já emenda a frase falando para as professoras:

-Bom diiiaaa!

Fim!

E foi assim que tudo aconteceu. Simples, leve e com muita certeza de que meu pequeno já está super crescido (é complicado para as mães essa percepção de que o filho cresce… risos) e preparado para esse mundo que o espera.

Com amor e alívio,

Ana Maria.

2017-02-07-13-41-08

6 comentários sobre “Primeiro dia de aula – Adaptação

  1. Ana que delicia!! foi tudo tranquilo!! Ah tão bom desafiador para nós e e tão bom vê-los tão preparados!!
    Feliz com as notícias do Raul! Emocionada com suas palavras!!
    Até hoje disfarço esse choro quando Benício entra na sala de aula, nem olha pra trás e eu chamo “vem dar beijo na mamãe!”
    E ele vem bem rápido e dá o bjo mais desinteressado do mundo, mostrando que há tanto a fazer por ali que eu já posso ir!! rsrs
    Bjos pra vocês!! Raul é sucesos!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi, Kênia! Foi tudo tranquilo… muito bom! Estou muito orgulhosa dele! =D
    Eles nos ensinam a cada dia que passa mais, não é mesmo!? Parece até que os papéis se invertem em algumas situações… risos… A gente sofre atoa, né?! Um beijo em vcs aí.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s