Diabetes Gestacional, aconteceu comigo!

Maternidade Real

Bom dia!

O terceiro trimestre da minha gravidez chegou me trazendo uma novidade, a diabetes gestacional. É assustador quando algo sai do seu controle na gestação! Acho que minhas gestações resolveram me causar fortes emoções… risos…

Minha obstetra desconfiou que eu poderia estar diabética porque comecei a engordar demais sem estar comendo o bastante para isso acontecer e, como já estava no momento de fazer o exame de intolerância a glicose, acabei fazendo e constatando a diabetes. Engordei quase 4 quilos em um mês! Após o susto, já estou fazendo uma dieta e controlando a glicose com alimentação. Está tudo bem comigo e com a minha pequena! Para quem acompanha o nosso blog sabe que minha irmã também teve na gestação do meu afilhado, que minha cunhada é diabética tipo 1 e que foram elas que me ajudaram nesse processo de transição da alimentação e no regime que tenho que seguir. Tenho uma amiga nutricionista que também me norteou com dicas de combinações de alimentos para evitar picos de glicose. Graças a Deus estou amparada e agora é só fazer a minha parte.

Mas afinal, o que é a diabetes gestacional!? A diabetes gestacional surge normalmente no terceiro trimestre da gravidez. A mulher fica com uma quantidade maior que o normal de açúcar no sangue e aí surge a diabetea, ou seja, quando o corpo não consegue fabricar a insulina em quantidade suficiente para atender às necessidades do bebê. A insulina é que controla a quantidade de açúcar disponível no sangue, para ser usado como fonte de energia, e permite que o excesso de açúcar seja armazenado. É uma condição que quase sempre se normaliza sozinha depois que o bebê nasce, e que foi o que aconteceu com a minha irmã. Após meu sobrinho nascer, tudo se acertou! Quando não controlada a glicose, o fator mais preocupante é que o excesso de açúcar no sangue atravesse a placenta e chegue ao bebê, o que pode fazer com que ele cresça demais, fique mais propenso a ter icterícia, hipoglicemia após o parto e a apresentar problemas respiratórios. O líquido amniótico também pode aumentar demais.

Viram como é importante fazer o pré natal e  os exames todos direitinhos?! Ufa! O susto passou… estou passando um pouco de aperto com a alimentação, principalmente com a vontade de comer doces… risos… Nada que umas uvas passas e uns damascos não resolvam. O importante é que minha glicose está sendo controlada somente com a alimentação e minha pequena está se desenvolvendo super bem. O que é uma grande vitória! Estou contando os dias para que novembro chegue!

Com amor,

Ana Maria.

Leia mais sobre o assunto:

http://www.diabetes.org.br/profissionais/diabetes-gestacional

Gestação diabética – O Antes, durante e depois do parto!

Maternidade diabética – por Deborah Patricio

Maternidade diabética, segundo trimestre – por Deborah Patricio

Gravidez e Diabetes Tipo 1 – por Deborah Patricio

APLV – Você não está sozinho

 

8 comentários sobre “Diabetes Gestacional, aconteceu comigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s