Cronologia do tratamento de fissurados

mamãe fonoaudióloga

Bom dia!!!

Muitas mamães me perguntam como é realizado o tratamento de fissurados, quando começam as cirurgias e onde procurar ajuda. Por este motivo vou explicar como fizemos aqui em Belo Horizonte/MG, onde o tratamento é realizado no Centrare (Hospital da Baleia).

Quando decidimos que iríamos realizar o tratamento do Raul na nossa cidade, procuramos saber com antecedência como deveríamos proceder. Os passos iniciais foram:

1°  passo: Dar entrada no Centrare. É preciso que o posto de saúde da sua região faça o encaminhamento para você. O Centrare é do SUS e não atende plano de saúde, ou seja, após sair da maternidade já procure o posto de saúde da sua região e marque uma consulta com o pediatra para que ele faça o encaminhamento.

2° passo: Ir ao Centrare. Após o posto de saúde fazer o encaminhamento, o Centrare entra em contato com você marcando uma consulta inicial, que vai ser realizada através de uma triagem, onde terá na mesma sala alguns dos profissionais envolvidos no tratamento do seu filho. Eles irão explicar como funciona o tratamento, a cronologia e tudo mais. Então aproveite para tirar todas as suas dúvidas. Faça igual a mim, leve um caderninho com todas as suas anotações e dúvidas. Eu perguntei até!!! risos…

3° passo: Após esta consulta de triagem, eles irão marcar uma nova consulta com o cirurgião plástico que irá dar continuidade ao tratamento do seu filhote e com a fonoaudióloga que irá explicar tudo sobre a alimentação, a estimulação do seu bebê e os cuidados com a audição. O cirurgião irá solicitar os exames necessários para a cirurgia que será em torno dos 03 meses de vida. Quando você realiza os exames, um retorno deve ser remarcado para mostrar o resultado dos exames ao médico e assim, ele irá marcar a data da cirurgia.

4° passo: Cirurgia labioplastia. A cirurgia é realizada no Hospital da Baleia. A criança interna e faz a cirurgia no mesmo dia e recebe alta no dia seguinte.

5° passo: Após a cirurgia. Com a cirurgia realizada, é marcado um retorno com o médico que operou o seu filho após sete dias e uma outra após 30 dias. Nesta última também é feita uma consulta com a fonoaudióloga que irá dar orientações sobre o pós operatório, como por exemplo a forma como devem ser feitas as massagens na cicatriz do lábio.

6° passo: O retorno agora é por volta da segunda cirurgia que será a palatoplastia. Os procedimentos são os mesmos da primeira cirurgia até o pós operatório. Acrescenta-se somente o otorrinolaringologista para o acompanhamento da audição chegando a conclusão sobre a necessidade ou não do tubinho de ventilação.

7° passo: Retorno após 6 meses de operado no otorrinolaringologista, cirurgião plástico e fonoaudióloga.

Bom, foram estes passos que passamos até o momento. O início do tratamento odontológico eu ainda não sei quando será, mas já estou providenciando um particular pro Raul para saber como proceder de agora em diante. Conto aqui depois assim que souber e tiver mais novidades.

Espero ter ajudado.

Com amor,

Ana Maria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s