A realidade do DESFRALDE #2

Maternidade Real

Olá, pessoal!

Há oito meses escrevi um texto sobre o início do desfralde do Raul (A realidade do DESFRALDE) e para acalmar mamães e papais que estão passando por esse período bem complicado que é o tal do desfralde eu tenho algumas palavras de conforto: Calma, seu filho vai parar de usar fralda e de fazer as necessidades na roupa. Basta ter muita CALMA e PACIÊNCIA!

Somente após oito meses posso afirmar com absoluta certeza que meu filho está desfraldado. Hoje em dia os deslizes, ou como chamamos: os escapes, já não são mais vistos por aqui. A conclusão que cheguei foi a seguinte: de nada adianta forçarmos a criança, ela tem que estar preparada para tudo fluir bem. Se você desesperar, passar ansiedade pro pequeno, o processo demora ainda mais, principalmente porque a criança ainda não entende que fazer xixi ou cocô na calça é algo ruim. Muito pelo contrário, ruim para ela é ter que parar de brincar ou de assistir televisão para ir ao banheiro, tirar a calça e esperar até ter “vontade” de fazer as suas necessidades. Quando comecei com o processo do Raul, foi tudo bem natural. Aqui em casa ele sempre avisava quando estava com vontade ou muitas vezes ele mesmo ia sozinho ao banheiro, mas isso era um tormento quando nós saíamos de casa ou quando tinha alguém diferente por aqui. Ele, por não querer parar de brincar, acabava fazendo na roupa onde estivesse. Porém, isso começou a incomodá-lo e de uma semana para outra ele parou. Como se fosse mágica, ele simplesmente começou a avisar quando estava com vontade onde ele estivesse. Conversando com minhas amigas, percebi que foi um pouco diferente o nosso processo. O Raul primeiro acabou com o xixi noturno, depois o xixi diurno e o último foi o cocô. Foram muitas cuecas lavadas, mas desde o dia que tomei a decisão, Raul nunca mais usou fraldas, nem mesmo quando saíamos de casa. Sempre quando saíamos o levávamos ao banheiro e perguntávamos de tempo em tempo se precisava ir ao banheiro ou simplesmente o pegávamos e avisávamos que estávamos indo ao banheiro. Acho que isso foi muito importante, pois com essa nossa conduta de deixa-lo sem fraldas demonstrávamos nossa confiança nele. Além disso, mesmo quando ele não ia ao banheiro e fazia nas calças, quando o estávamos limpando, aproveitávamos para explicar que para que isso não acontecesse mais ele deveria ir ao banheiro. E foi assim que tudo deu certo!

Estou sendo honesta com vocês e comigo mesma, o desfralde completo, para mim, é quando não mais acontecem escapes, seja de dia ou de noite. Por isso, hoje posso levantar a bandeira e dizer que passamos por essa fase. Levamos oito meses para que realmente o Raul se preparasse e entendesse. Não me arrependo de ter tirado a fralda dele com um ano e oito meses, aprendemos juntos com as nossas situações de desconforto, raiva, cansaço… porque ficar lavando cuecas o dia inteiro não é fácil… risos. Então, pessoal, é isso! Cada um tem seu tempo. Se você fez a técnica dos três dias e conseguiu, parabéns! Levante as mãos para o céu e agradeça, se não… se demorou 4, 5, 8, 12 meses não desista. Seu filho vai parar de usar fraldas! Nunca regrida! Uma vez começado vá até o fim. Não volte atrás na sua decisão.

Com amor e muita gratidão,

Ana Maria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s