Quando é necessário o uso da chupeta…

Bom dia!

Hoje falaremos mais uma vez sobre o assunto polêmico, a chupeta. Já escrevi um post sobre o assunto quando recorremos à chupeta com o Raulzito, antes dele fazer a primeira cirurgia de labioplastia (veja aqui). A chupeta para mim nunca foi uma vilã, ela, ao contrário, é uma ótima aliada das mamães que assim como eu precisam de uma ajudinha extra para acalmar os filhotes ou simplesmente suprir a necessidade de sucção do bebê.

A chupeta entrou em ação novamente na minha vida quando a Rita nasceu. Os bebês têm necessidade de sucção, uns mais, outros menos, e a Rita tinha (têm) muita. Passei por maus bocados na amamentação e minha pequena além de mamar estava fazendo o meu peito de chupeta. Ficava com ela pendurada no meu peito por horas e se ousasse tirar ela chorava e só se acalmava quando colocada novamente no peito. Foi aí que resolvi introduzir a chupeta. Porém a Maria Rita não aceitou as chupetas que eu havia comprado, ela fazia ânsia de vômito toda vez que as colocava na boca dela. Comprei mais chupetas, ao todo foram dez de diferentes marcas e modelos. Tinha chupeta de todos os tipos e formatos possíveis, de látex e de silicone, mas nada dela aceitar. Recorri ao Google pesquisando como fazer uma criança pegar uma chupeta, porém nenhuma dica foi válida. Nada da menina pegar a bendita chupeta. Os meses foram passando e li que alguns bebês pegam a chupeta mais “velhos”, então a insistência e a persistência continuava… Confesso que virou uma meta para mim e esse post era para ter o título “como fazer um bebê pegar a chupeta”, mas não consegui!

Como não consegui introduzir a chupeta, não fui oferecendo o meu peito sempre que ela requisitava para se acalmar e logo ela deu seu jeito e começou a sugar o seu dedo. Aff! Isso não, Maria Rita… Eu pensei: É demais para uma #mamãefonoaudióloga. O dedo não! Voltei a dar o peito quando ela precisava! Ô saga! risos… Hoje com sete meses, ela não suga mais o dedo (Ô glória!) e ainda requisita a chupeta dela, ou seja, o meu peito, mas não com a frequência de antes. Bom… a chupeta serviu para ela pelo menos para uma coisa, coçar os dentes que estão nascendo. Eu gostaria muito de saber como se faz uma criança gostar de chupar uma chupeta. Senti muita falta disso! A chupeta seria uma excelente aliada, assim como foi pro Raul! 

Com amor,

Ana Maria.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.