Papinhas?! Como facilitar sua vida em relação a elas.

Maternidade Real

Bom dia!

Vendo o sofrimento da minha irmã nesses últimos meses com o fato de além de cuidar da casa, do marido, do filho, do cachorro e ainda por cima pensar todos os dias em um cardápio diferente para o meu afilhado, me inspirei a escrever esse post dando uma dica de como fazia aqui em casa com o Raulzito. Essa dica facilitava bastante nesse época tão complicada que é quando o bebê está engatinhando, pois ele exige muito de você e a atenção deve ser redobrada com os acidentes.

Pois bem, como eu fazia aqui em casa: eu tirava um dia na semana para fazer as papinhas da semana toda. Fazia do almoço e da janta, logo eram 14 potinhos de comida que eram feitos e congelados. Estou falando papinha, mas na verdade eu não batia no liquidificador (exceto quando estava na época do pós operatório), só mesmo cortava em pedacinhos pequenos e pronto. Se você utiliza o método tradicional de papinhas ou o BLW, dá na mesma, o que facilita é você colocar cada refeição em um potinho e congelar. Nós compramos esses potinhos de plástico que pode ir direto do congelador para o microondas para armazenar as comidas prontas. Rodrigo fazia um cardápio por dia para Raul não enjoar e ter sempre variedades nutritivas no prato, quer dizer no pote. risos… Como eu não tinha muito tempo para cozinhar durante o dia, eu fazia e congelava as refeições também para mim. Já cozinhava o arroz, o feijão e os legumes, guardava em porções separadas e pronto. Quando estava com fome, era só pegar, descongelar e só restava a carne para grelhar na hora. Com a salada crua, eu lavava as folhas todas, secava, e guardava dentro de um saquinho na geladeira. Quando ia comer era só pegar, colocar no prato e temperar.

collage0_wm

Fotos das papinhas do Samuca

Pode ter certeza que o dia que você tirar para fazer as papinhas, pode até ser um pouco cansativo. Mas o bem estar que te dá durante a semana e a tranquilidade em não ter que se preocupar em fazer almoço e janta, enquanto seu filho está tentando escalar o móvel da televisão, desenhando na parede, subindo a escada sozinho ou tentando enfiar alguma coisa na tomada… é bem maior! Eu faço isso até hoje. Ah… outra coisa que também fazemos aqui em casa é sempre deixar tudo lavado e higienizado quando vem da feira. Quando chegamos já lavamos todas as frutas e verduras e guardamos na geladeira ou na fruteira, pronta para o consumo.

E você pode se questionar sobre os nutrientes quando são congelados, se eles perdem ou não. A perda de nutrientes no congelamento é bem pequena e não vai prejudicar em nada a vida do seu bebê. O congelamento é o método de conservação que apresenta menores possibilidades de provocar perda de valor nutritivo nos alimentos, segundo o autor Gwen Conacher no livro Manual da Cozinha Congelada. A perda de nutrientes é bem mais significativa no momento do cozimento. (Veja o post do nosso Gastrônomo Cortes facilitadores para introdução alimentar) Sem contar que é bem melhor você dar uma comida congelada feita por você, do que você recorrer as papinhas prontas industrializadas e cheias de conservantes. Não é mesmo!? O ideal é que se consuma os alimentos que foram congelados em até 30 dias.

Se você quiser sugestões de cardápios, nós já colocamos algumas combinações aqui no blog. Clique para você ler de novo no post Cardápio pós cirurgia. Facilite sua vida, para sobrar mais tempo para os pequenos!

Com amor,

Ana Maria Poças.

2 comentários sobre “Papinhas?! Como facilitar sua vida em relação a elas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s